CEPSUL/ICMBio realizam avaliação do Risco de Extinção dos Crustáceos

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade é a autarquia federal responsável por promover a conservação da biodiversidade brasileira e uma de suas atribuições é a avaliação do risco de extinção das espécies da fauna.

Para esta avaliação são adotados os critérios e categorias desenvolvidos pela União Internacional para Conservação da Natureza – IUCN.

Em 2016 serão avaliadas 129 espécies de crustáceos marinhos, destas, 23 foram avaliadas no ciclo anterior (2010-2014) como ameaçadas (CR, EN, VU), quase ameaçadas (NT) ou com dados insuficientes (DD). Outras 85 espécies foram avaliadas como menos preocupante (LC) e 21 espécies serão avaliadas pela primeira vez.

Para que possamos avaliar o risco de extinção destas espécies a partir dos melhores dados disponíveis é fundamental a participação de pesquisadores, gestores e pescadores. A lista com os nomes das espécies e o acesso aos formulários para a coleta de informações estão disponíveis na página do CEPSUL no endereço: http://www.icmbio.gov.br/cepsul/especies-ameacadas.html

As contribuições podem ser efetuadas até o próximo dia 30 de setembro.

Área do Sócio